Não quero pôr os meus pais num Lar.
Cuidam da minha mãe na sua própria casa?

O meu pai tem Alzheimer e é completamente incontinente.
Mandam-me alguém a casa para lhe fazer a higiene pessoal todos os dias?

Não me sobra tempo para fazer as refeições para a minha família.
Preparam-me as refeições da semana para que, eu, seja só aquecê-las no micro-ondas?

Não tenho tempo nem disposição para, depois do trabalho, ainda ter de ir limpar a casa e passar a ferro.
Arranjam-me alguém que vá a minha casa limpar e engomar?

Os estores da sala não descem e a torneira da cozinha não pára de pingar.
Mandam-me um técnico a casa para me reparar as avarias?

 

  Contacte-nos para adquirir qualquer tipo de equipamento hospitalar usado em perfeito funcionamento e a preços justos.

- Camas Eléctricas c/ Guardas
- Camas Manuais c/ Guardas
- Cadeiras de Rodas
- Poltronas reclináveis
- Gruas de Transferência
- Outros

Serviço Gratuito
Vender, comprar, trocar

- Diga-nos que material tem para vender.
- Informe-nos que equipamento pretende comprar. Contacte-nos.

Nota
Todos os equipamentos usados vendidos pela Habicuidados são sujeitos a higienização prévia conforme procedimentos recomendados.

 

 
True-Kare, telecuidados
www.true-kare.com

SSGNR - Serviços Sociais da Guarda Nacional Republicana
www.ssgnr.pt

EDP - Clube Lisboa
www.clubeedp-del-lisboa.com.pt

> Outros protocolos

   
 

Arq.ª Maria Elsa Guimarães
A dedicação e o carinho com que cuidaram do meu pai até ao seu último dia é algo que nunca esquecerei. Recomendar a Habicuidados é, no mínimo, uma acto de gratidão para com este extraordinário grupo de pessoas.

Sra. Maria Elisa Pedrógão
A permanente firmeza que encontrei na Direcção da HabiCuidados foi o que mais valorizei nos cuidados aos meus pais. Sempre pude contar com eles pois sempre me apresentaram soluções para as inúmeras dificuldades colocadas por doentes de Alzheimer.
Desejo aos outros o mesmo apoio com que tive o privilégio de poder contar.

Dr João F. Marques
Ao fim de duas tentativas com outras tantas empresas do género fiquei a acreditar que afinal o tal apoio às famílias existe. Tanto quanto o afecto aos nossos familiares, valorizo aqueles que não nos largam nas situações mais difíceis e a quem, afinal, até estamos a pagar. Pode-se confiar nestes senhores…